Levei a Baby L à psicóloga!

21:00

Lido assim, parece que a Leonor está com algum "problema" que carece de tratamento psicológico. Mas não.


Preocupamo-nos, e bem, desde o nascimento, com questões ligadas ao desenvolvimento físico dos nossos bebés: se tem uma altura e um peso esperados para a idade, se se sentam na idade esperada, se ouvem e vêem bem, etc.


Contudo, em áreas como a linguagem, social, motor ou emocional, ficamos muitas vezes ligadas a saberes como "ao um andante, aos dois falante", "os meninos falam mais tarde que as meninas", "as meninas correm menos"... etc... Sem perceber especificamente o que é esperado e adequado ao desenvolvimento dos nossos filhos e não só pela idade mas porque se trata apenas e só do nosso filho, um ser único, com as suas especificidades e integrado num contexto familiar e/ou escolar particular.


"Tendo em conta que estas áreas de desenvolvimento na primeira infância estão diretamente relacionadas com a aquisição de determinadas competências que permitem às crianças ter, por exemplo, sucesso escolar e sabendo nós que irão influenciar a sua forma de lidar com o mundo para toda a vida, será que devemos deixar que se desenvolvam ao acaso!?" (For Babies)


Sem pressão, sem conduzir o comportamento dela de uma forma forçada, à vontade e com uma escuta que tranquiliza qualquer mãe, foi assim que fomos recebidas pela Dr.ª Clementina Almeida da Clínica For Babies.

Do sono, às fraldas, às birras, ao colégio, à brincadeira, aos medos, passamos por tudo desde o 1º dia da concepção até ali, aos 2 anos e meio da babyL. Foi super importante perceber que estratégias diferentes e que brincadeiras estimulantes podemos desenvolver com a Leonor, continuando a escrever nas suas paginazinhas em branco que um dia dará um livro maravilhoso.


É um serviço que aconselho a todos os papás e mamãs desde a gravidez e com a periocidade recomendada. Nós regressaremos aos 3 aninhos.

Look Baby L:
Camisola com gola | Azul Inglês
Colares | Os Kits da Menina
Laço | Dream Hair Bow

You Might Also Like

0 comentários

Crescer em Festa